quarta-feira, janeiro 27

a mascara que cobre o seu rosto

posso até fingir ser quem eu sou, mas o que adianta usar a mascara da ilusão? me esconder dos problemas reais e fingir não ver as necessidades desse mundo? é algo que eu sabia que não ia conseguir me livrar.
fingir que não é comigo? não senhor! nunca disse que aquilo era real, basta mexer no sistema, você não tem o poder? tire o meu chip, me reconfigure, faça o que você quiser mas nunca use o que as pessoas sentem.
me diz qual é o seu jeito de ser, e não esconda atrás de uma mascara, seja real! largue de ser o bonzinho de contos de fadas, se joga! se descubra! garanto que você adora ser você!
ou você é coordenado à um chip, vamos me diga, quem é você, me diiga!

___________

'ninguém merece ser só mais um rosto bonito' ao som de Pitty com certeza.
rs 'eu vou equalizar vocês numa frequência que só a gente saiba ' huauhauhaua'

sexta-feira, janeiro 22

back to me

melodies touch the depths of the soul, transporting me to an unreal world, the thought is no longer controllable, where the meeting is in you, it's hard to solve it, it is impossible to control it more.

I get hours and hours thinking of a way to unlock up to discover its secrets, but it is very hard, maybe in the future I find your secret, they uncover the mysteries.

So what if I find myself smiling alone? you never caught yourself laughing? I keep on remembering their smiles, the most perfect, but a day you smile for me.

and the radio plays the song that touched you and you smiled trying to hide the tear that flowed from his eyes, more a love song, just a love song for you.

and finally, back to me, I'll never forget you.

* tradução em comentários; ao som de John Mayer

terça-feira, janeiro 19

quarto capítulo

na manhã seguinte bernardo iria passar em casa para comprarmos o material do colégio, faltava apenas uma semana para a volta as aulas. eu temia a volta, porque no colégio estava as meninas que mais davam emcima de bernardo, ia ser dificil dizer à elas que a gente estava namorando, afinal, quando terminou as aulas a gente só ficava.
eu tinha um certo medo de perder o bernardo, afinal, meu primeiro amor e namorado, maaas apesar daquele jeito pegador dele, ele era romantico, dava para ver naqueles olhos castanhos *-* e naquele jeito de dizer que me amava, mas eu sabia que no fundo existia um certo medo da parte dele também, eu ficava pensando sempre nele antes de dormir, deixava rolar a solta os suspiros, as vontades, e o amor. adormeci.
eram noites de verão, noites quentes, eu sempre dormia de top e um microshorts, eu sabia que ninguém entrava no meu quarto, no máximo era minha tiia, lá era meu canto, meu mundo, e eu quase sempre ficava só de poucas roupas, e dormia assim. enquanto eu dormia ouvi um barrulho de porta, olhei em direção a porta mas não vi ninguém, virei pro lado, e de repente, senti alguém fazendo carinho nos meus cabelos, levantei assutada.
- bernardo???? - o que ele fazia no meu quarto e eu com um top e microshorts, me cobri com edredom - o que você faaaz aqui??? quem te deixou entrar?? - eu queria saber é claro.
- calma loo, sua tiia me deixou ficar na sala, maas eu não aguentei ela me deixou sozinho na sala e eu subi :X'
- bernardo, não podia ter feito isso. eu to quase nua!
- loo, calma, eu vou te ver mais nua do que isso.  - eu olhei para ele assustada, com os olhos arregalados - ue! como que a gente vai fazer nossos filhos? de roupa? - eu não tava entendo.
- filhos? bernardo é você?? - ele tava muiito diferente.
- sou siim, loo. senta aqui. - batia a mão na cama, para miim sentar do seu lado.
- não vai ficar de pegação né be? espera eu me arrumar. - eu dizia, tava muiito horrivel, cara amassada, sem escovar os dentes, de pijama, cabelo bagunçado.
- não lorena, - ele tava tão calmo OO'- venha cá, tenho que te falar umas coisas, que eu perdi a noite de sono pensando. - fiquei preocupada, e quis saber o que era.
- o que foi bee? - sentei do lado dele.
- ontem você me disse que era para miim, parar de pegação e tal.
- bee, não eé assim, eu disse que eu não queria um namorado só para pega...
- espera lorena, deixa eu falar.
- taá.
- olha, eu nunca pensei em gostar tanto de alguém como eu gosto de você, nunca pensei em amar alguém como eu te amo. sabe? eu só ficava de pegação contigo, amo sentir sua boca na minha, e te dar uma pegada nervosa. maas, ontem você me fez pensar. eu tava te tratando como as outras minas, como as outras do passado, porque para miim só existe você agora. e tipo, você não igual aquelas minas, você é a MINHA mina - ele olhava nos meus olhos, o clima tava tenso - cara, só MINHA não é? - fiquei em silencio - NÃO É LORENA? - ele repetiu.
- bernardo, eu quero eu sou e serei até você me querer a TUUUA, só a TUUA garota, entende? - dei um sorrisinho, esperava um beijo, mas ele levantou da cama.
- então, lorena, eu não quero te ter como outras minas, eu quero te ter como a minha mina, a minha garota, porque eu seei que eu tenho que mudar, porque eu não quero ser o pegador, eu quero ser o namorado da lorena, entende? porque não importa as outras pessoas, só me importa você! - eu fiquei muito surpreendida, com a reação dele.
continua ...

_________________________________________

gente, acho que minha inspiração voltou, me surpreendi com o bee e vocês?
HAHA' euquemescrevou.u' HUAUHAUHAUAHUA' então, gente eu to apaixonada no bernardo *-* fala sério ele é um fofo não?
tá acabando as férias ne gente? me dá uma depre em pensar nisso, enfim, amanha eu dou o primeiro tema do projeto, espero todos lá hein? beijos se cuidem! ;*

sábado, janeiro 16

continuação do terceiro capítulo

eu queria que eles olhasse nos meus olhos, mas ele ficava de olho na minha boca u.u'
- bernardo, olha nos meus olhos poxa!
- tô olhando lorena.
- a gente tá namorando a semanas, mas você só quer saber de pegada, eu, lorena, NÃO, quero um namorado, só para beijar, entende? eu deixei essa viagem, porque eu amo você e quero você comigo, me completando, me fazendo feliz, beijando também, maaas não só para beijar. - fiquei de cabeça baixa, e ele também.
- táá, lorena, é empolgação minha, eu sou assim, tá eu vou mudar.
- olha lá, bernardo.
- táá loo, mas deixa eu te dar mais uns pegas? só hoje.
- táá - eu não conseguia resistir aquela carinha de pedido dele!
foi assim, a gente ficou na pegação aquela noite.
- táa bernardo deixa eu entrar, você já viu que horas são?
- não loo, seus olhos são o que me guia.
- nossa bernardo, que isso? romantismo?
- aaa lorena, eu te amo. - ele tava diferente.
- eu tambem te amo, bee, tenho que entrar.
- táá :( se cuida. - me beijou e eu entrei.

bernardo, tava muito estranho, uma hora, ficava de pegação e depois vinha com ataques romantismos, alguma coisa ele me escondia.
sobi e fui para o meu quarto, tomei um banho e peguei meu diário.

"falei hoje com o bernardo, disse que não queria apenas pegação, queria alguém que me completasse, que conversasse comigo, acho que ele entendeu :)"

fechei o diário e fui dormir.

Continua...
___________________________________________


gente ruim ruim não? seem inspiração é foda! vou tentar repucha-la -Q
HAHA' beijos se cuidem.

to postando a história aqui http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97732591 :)

quinta-feira, janeiro 14

novo projeto :)

meeu quanto tempo seem postar '-'
eu tava muito indecisa, se eu ia continuar com a história ou não. é muito ruim essa indecisão, cara! eu fiquei sem saber se eu ia postar ou não, beem o ultimo capítulo ficou muito confuso, eu tava muiito confusa! dai 'o povo ' falou para miim continuar, pensei e pensei, vou continuar com a história, mas com menos posts sobre ela durante a semana, menos e vou continuar postando meus textos, como esse que eu to desabafando com vocês :)
então, sabe aquele surtos de ideias que as vezes da em todo mundo? então ontem me deu um surto desses que eu dormi até mal essa noite pensando nisso u.u' foi tenso.
tipo eu vou seguir em frente, agora com o meu projeto Bloínquês, mas agora, não será apenas de ajuda aos blogueiros, será também um projeto de edições onde eu dou o tema e os particpantes escreverão sobre o tema, dai os vencedores terão seus blogs na descrição da comunidade, e terão seu post no blog, com autoria e talz, e uma entrevista com o vencedor tb no blog, o blog eu ainda criarei.
criei também a 'webs, poemas e letras.' onde pode expor seus textos, suas histórias, seguindo as regras é claro para nao virar bagunça i.i'
dai eu vou postar minha história lá também :) mas eu psoto aqui antes é claro, vocês para miim são vips s2' é uma parceiria com a bloínquês. aqui os links :
- bloínquês;
- webs, poemas e letras.

beijos, se cuidem :*

segunda-feira, janeiro 11

terceiro capítulo

por mais que bernardo tenha dito que me amava, eu continuava a pensar na decisão que eu tinha tomado.
minha tia, não era do tipo de pegar no pé, ela sabia do meu namoro e bernardo sempre ia lá em casa me buscar, para gente dar uns roles e tal.
'TINDOIM'
- deixa que eu atendo tia, - descia as escadas correndo - ooi bê! - ele sempre me puxava e dava um beijo daqueles :B
- ooi, lorena. - com aquele voizerão ai meldels.
-tia, vou ali já venho! - e saia com o bernardo. era sempre assim, a gente ficava horas e horas aos beijos, a gente só vivia de beijos, era sempre cheios de pegações os nossos encontros, tinha vezes que eu voltava para casa com marcas no pescoço, tentava esconder mas era evidente.
- lorena, o queé isso no seu pescoço?
- aaa tiia, bernardo ne? - com a maior cara lavada.
- seus pais sabem dele lorena? - minha tia sempre era meio liberal, maas as vezes ela pegava no pé, porque todo diia eu chegava tarde em casa dos encontros com o bernardo.
- não tiia, por favor não fala nada, bernardo é tuudo pra miim. - carinha de anjo.
- tá lorena, mas você é muito novinha para ele.
foi nesse dia que eu comecei a pensar. eu tinha catorze, quase quinze anos, era uma garota, de um metro e sessenta, que era meio 'pop' no colégio, que estudava quando dava na telha, que os garotos caiam emcima, que muita gente não gostava, eu era uma menina bonita, com o corpo com curvas de uma garota de 16 anos, com os cabelos negros, e com a pele meia bronzeada, eu podia curtir a vida por ai, mas eu tava com o garoto mais galinha do colegio e só queria isso para mim, eu gostava dele, eu o amava a muito tempo e agora que o tinha em mãos devia curti-lo.
- bernardo, um metro e  setenta, corpo atletico, moreno claro, cabelos lisos de topete meio bagunçado, preto, com mãos muito gostosas, e com uma pegada! (6) AUHAHUAHUAHUAHUA'
- a lorena, você é muito lerda! eu já tinha aproveitado desse bernardo, a tempos (6) - a joo era safada.
- não é assim, também né joo? - dizia a juu.
- tá eu tenho catorze anos, não é tão facil assim, ele tem dezessete. eu não quero ficar só na pegação como ele tá comigo, eu quero alguém que me complete, sabe?
- uhum - as duas.
- eu gosto de tá com o bernardo, de ouvir aquela voz, mas tipo ele só quer pegar, pegar, beijar, beijar, beijar. po eu não quero só isso.
- loo, abre o lance com ele. - disse a juu, a menos safada, a sensata e a sensivel.
- eu vou fazer isso, juu.
- ah loo! que isso? apreveita aquele corpão do bernardo! poxa, eu me jogava nele! HOHO'
- não é assim joo, eu não quero só beijar e além dos beijos e do corpo, da fisica. eu quero trocar ideias, compartilhar sentimentos, eu quero alguém que me entende, que me apoie quando eu precise e quando a noite cair eu quero que me abrace, entende? - eu era romantica.
foi ai que eu decidi ir falar com o bernardo.
- bê - ele me agarrando, beijando, ele mordendo meus labios.
-oi - me afastei um pouquinho dele.
- bernardo, olha aqui, para um pouquinho.
- que foi lorena? não to pegando direito? - ele era todo safado.
- para não é isso. eu preciso te falar uma coisa.
- fala loo.

CONTINUA ...


______________________________________

poxa viida, fiquei meio perdida nesse capítulo, não sabia beem o que escrever, tava meio perdida literalmente, pedi ajuda aos universitários mas nem rolou. tava muito animada com os outros comentários do post terceiro, mas desanimei um pouco com o quarto sabe? mas vou seguir em frente, to precisando refletir um pouco sobre o rumo da lorena, e seguir em frente ;), gnt me deêm por favor a opinião sincera eu devo continuar com a história? brigada aos novos seguidores, e espero que curtam o blog :) sejam bem vindos. beijos. booa semana gente.

sábado, janeiro 9

continuação do segundo capítulo

seria muito dificil, uma mudança muito radical, e ele disse que me ama! :OO'
não podia ser da boca pra fora :S.
- bernardo, - larguei das mãos dele, virei de costas - não é beem assim. - eu tava apreensiva
- não é beem assim como lo? - ele tinha me chamado de lo pela primeira vez.
- a gente fica à duas semanas e você - pareei alguns segundos - já  me ama?
- éé também não é assim. amor não é uma coisa que para todos veem igual, só sei que eu preciso de você, só de você. não dá pra entender? eu te quero comigo a todo instante.
- bê, olha aqui - virei e olhei naqueles olhos castanhos , tava muito confusa - tenho que te contar uma coisa. - eu ia dizer que o amava mais que tuudo, a muito tempo.
- você gosta de outro? você não me quer? - ele tava mais apavorado do que eu :OO'
- eu não gosto de outro. e-e-e-u - medo de dizer - gosto é de - mais medo ainda.
- diiz logo lorena. - ele tava muito apreensivo u.u
- de você bernardo. - minha pernas tremeram, havia um sorriso no rosto do bernardo, ele era tão lindo, dei as costas pra ele e sentei na beira do passeio, ele veio e sentou do meu lado, me abraçando - eu sempre gostei de você, sempre tive de aguentar te ver ficar com outras garotas, você sorrindo pra elas, eu queria que você sorrisse pra mim! queria que você me queresse como queria as outras garotas. aguentei tantas vezes as lagrimas quando queria estar aos beijos com você, nos seus braços como eu to agora. queria tanto ter uma chance com você, queria dividir você com os meus pensamentos e só com ele.
queria que você dissesse que me amava. :$  - bernardo tava vermelho e eu também, ele só ouvia - você não tem ideia do quanto ouvir esse 'eu te amo lorena' dessa sua voz, olhar nesses seus olhos e poder dizer 'meu namorado' e te ter sem nenhuma menina emcima da gente dizendo 'bernardo vem cá, bernardo bla bla', bernardo - eu tava me sentindo aliviada, olhei nos olhos dele - eu te amo. >< - ele me deu o melhor beijo, o beijo mais apaixonado de todos.
- mas - parou de me beijar u.u - você quer namorar comigo, lorena? - os olhos dele brilhavam, era tuudo perfeito pra mim.
- quero bernardo é o que mais quero. - voltei a beijaá-lo tava tuudo tão perfeito! dentre selinhos ele dizia que me amava.
- smuack, eu te amo! ...
foi ai que eu mudei a minha vida, foi ai que eu mudei o rumo que a minha vida poderia ter tomado... e foi ai que eu fiz uma decisão sem pensar.
CONTINUA ...

quinta-feira, janeiro 7

segundo capítulo

- e ae meninas? loo? o que... - já abraçando ele - você tá chorando? olha pra miim? - ele não era do tipo meloso. ele era do tipo que pegava todas, havia algumas semanas que ele ficava comigo, maas eu escondia esse sentimento maior dele.
-bê, diiz que não vai me abandonar? - disse no ouvido dele. tava com medo da resposta.
- olha pra miim? - olhei pra aqueles olhos - lorena, se toca, a gente tá junto não tá? - eu queria tá mais junto :XX - não estamos?
- estamos. - eu queria mais.
- então. - e deu um sorrisinho.
- tá beem bee :) - eu tava odiando aquilo, queria que ele me dissesse que ficaríamos juntos pra sempre. maas ele tava diferente. ele me deu um beijo e voltamos a falar. o beijo dele era sempre tão envolvente.
- lô, o que houve? você tava chorando. :\
- são os meus pais. :\ eles, quer dizer, nós vamos nos mudar pra irlanda :( - voltei a chorar.
- mas, loo? e a gente? - nos olhos dele havia um brilho diferente, parecia lagrimas :O' ele me abraçou num abraço em que erámos um só *-*
- bernardo, eu não vou te abandonar, nunca. - ele desviou o olhar , parecia uma lagrima a rolar na face dele. - bê, olha pra miim? - ele olhou pra miim, o que parecia lagrimas era lagrimas para minha surpresa.
- desculpa quebrar o clima, maas são vinte pras quatro, o seu voo, loo! - tinha esquecido do voo :S
- e agora? - bernardo segurou em miinha mão e saimos correndo, minha casa era pouco quarteirões da sorveteiria. miinha conversa com bernardo ainda não tinha terminado, e não podia ficar por assim.
- lorena fernandes! sua desmiolada! onde você foi? olha a hora! você nem se arrumou! eu não mereço uma filha assim, você tem tuuudo! olha a hora! falta menos de vinte minutos pro voô e você some! e quem é esse? - minha mãe nunca aprovou garotos, sempre me achou muita novaa, e ela sempre não ligava pros meus sentimentos, pras minhas opiniões.
- não importa! eu não vou embora! EEEEEUUUU não vou embora! - eu tentava reverter a situação- mãe, não posso ficar na casa da minha tia? não posso? na casa de uma das bests? não posso? por favor! eu imploro :( me deixa no brasil, por favor. aqui na casa da minha tia eu tenho até um quarto, não é tia? por favor! - eu implora muiito.
- a lorena pode ficar, ludi! - minha tia disse a minha mãe.
- tá boom lorena - minha mãe disse, fechando a porta do carro. ela não ligava se eu fosse ou se eu ia pra irlanda, ela só queria que eu a obedecesse, ela não iria renegar, eu ficar no brasil diante dos outros.
- aaaaaaaaaaaaah eu sabia best! - disse a jo e a ju. maas eu não conseguia prestar atenção em mais nada, eu estava nos braços de bernardo de novo.  ele me falava coisas que pensei nunca ouvi dele, só em sonhos.
- loo, eu tava com medo de perder. :( fiquei com tanto medo como nunca tive medo de perder ninguém. eu ficava com as minas o colegio todo - parou de me abraçar, não olhava nos meus olhos enquanto falava, apenas segurava minhas mãos - eu tinha todas elas em minhas mãos se eu quisesse. zuei e zuava meus parça porque tinham namoradas, dizia que aquilo não tinha futuro, 'coisa de bocozinho', que eles eram uns bestas, apaixonadinhos. os meus lances duravam de um a dois dias no maximo, eu só queria curti, descobrir novos sabores, novas linguas (6), mas dentre todas as minas que eu fiquei, nenhuma me deixava como você me deixa, me gela o estomago ao beijar esses seus labios, - achava que eu tava sonhando - seus olhos são os pontos de luz que iluminam minha vida :$, nunca pensei em dizer isso pra nenhuma garota, mas eu só consigo pensar em você, nos seus olhos, nos nossos beijos, em você, nos nossos encontros, na sua voz, não consigo ter olhos pra outra menina sem ser você :$, - colocou a mão em meu rosto e me fez olhar nos seus olhos, eu tava muito pasma - eu te amo lorena, nunca pensei em falar isso, :$ - ele tava muito vermelho, parecia um sonho - quer namorar comigo? - meu mundo parou, nesse moomento, não conseguia falar mais nada - eu me torno o garoto mais correto, e se meu mundo tiver confuso pra você eu mudo, se for preciso, só sei que eu preciso de você aqui comigo, aqui, por favor aceita. eu te amo muiito, muiito, só você conseguiu me fazer sentir isso até hoje - e eu e o bernardo ficavamos a apenas duas semanas e ele não tinha ideia do quanto isso era um sonho para mim - se você tiver afim de outro garoto, eu faço você esquecer, porque ninguém te quer mais do que eu. quer namorar comigo?
no momento passou um filme na minha cabeça, eu não sabia o que falar, bernardo era tudo aquilo que eu sempre quis, mas ele sempre foi galinha, mudar assim de repente ...

CONTINUA ...

terça-feira, janeiro 5

continuação do primeiro capítulo

subi as escadas correndo.
- best? - já no celular de novo.
- tamos esperando, loo!
- cola aqui, não vou poder sair enquanto não arrumar essa benditas malas :@
- tá boom lo! já estamos chegando!
eu não sabia o que fazer, tava desesperada, eu precisava falar com o bernardo!
então  pegava as minhas coisas e jogava dentro da mala.
- lorena, suas amigas tão aqui!
- manda elas subirem!
- sobe lá meninas.
- anda logo, corre - eu falava da porta do quarto.
- então lo o que houve?
- bests, meus pais estão indo pra frança depois vamos pra irlanda, vamos morar lá sacas?
- noooooooo! e a gente? e o bernardo? - disse julia.
- não seei, me ajuda aqui! tenho que encontrá-lo às tres e meia, e meu voo é as quatro :(
- lo, liga pra ele e diiz pra se encontrar agora, três horas, a gente vai contigo.
- só tenho uma hora na cidade, joga as coisas aqui na mala vou ligar pra ele.
eu tava muito desesperada! não sabia nem o que falar.
- bernardo?
- fala minha gata!
- preciso falar contigo, agora! - eu disse muito desesperada, ouvindo aquela vooz dele.
- gata, na onde?
- pode ser na sorveteiria da esquina?
- to perto aqui, veem gata - ain meudeus!- eu quero te encontrar logo. - bernardo me seduzia sem querer me seduzir :X
- be, - suspirava quando falava com ele - to chegando. beijos.
- aqueles beijos gata. - nossa quase morrendo, não sabia agora muito mais o que falar pra ele.
-meninas, não vou conseguir deixa-lo! eu não vou conseguir - dizia chorando - amei por tanto tempo esse garoto, aguentando ver ele ficando com as meninas no colegio e agora que o tenho em meus braços não posso ficar com ele, eu não vou conseguir!
- loo, vamo lá conversa com ele! - dizia a ju.
- corre então - disse a joo. descemos as escadas correndo, minha mãe nem nos viu.
eu não sabia o que pensar, sempre gostei do bernardo, e agora que estavámos juntos, mais proximos do que nunca, teríamos de nos separar, é muita tristeza pra miim.
viramos a esquina e demos de cara com ele! eu não conseguia nem dar um passo a frente! cai no choro.
- eu não vou conseguir! eu não vou conseguir :((
- bernardo, veem ca - disse a jo, ela tava vendo que eu não conseguia nem andar, não consegui nem olhar nos olhos dele.

Continua ...

________________________________

mt animada com os comentários do outro post, empolgada forever -QT

domingo, janeiro 3

Primeiro capítulo.

"querido diário,
já não sei o que fazer. é tão ruim viver aqui na casa da minha tia, e agora tenho que ficar mudando de casa, enquanto meus pais decidem em qual país vamos ficar. poxa, é ferias quero sair, andar, curtir minhas amigas. por enquanto, não posso fazer nada, vou dormir. até amanhã."
fechei o diário e me deitei, logo dormi.
- LOOOOOOOOOOOOOOOO! levanta! já tá tarde!
- ann .. -eu disse dormindo.
- Lorena levanta! eu não vou repetir!
- poxa viida, me deixa!
- poxa vida digo eu - minha mãe já tava estressando- já são duas da tarde e anda logo, nosso vôo sai as quatro! anda logo!
- o quê? - eu disse correndo pra porta - viajar pra onde? como decidem isso sem me falar nada? - estava indignada , não acreditava naquilo.
- calma Lo - dizia ela ironizando meu desespero - só vamos ali na França - alii? ela devia ter surtado- e depois vamos pra Irlanda, até seu pai resolver em qual empresa gerenciar, tá? se arruma ai!
- mas maãe! e eu como fico? meus amigos? - queria saber, não podia deixar isso tudo pra tras.
- não fica, vai! e anda logo! - dizia gritando lá da escada. aff tava muito brava .bati a porta do quarto.

"é muito injusto isso! eu não acredito que os meus pais fizeram isso comigo! não vai dar tempo de avisar toodo mundo, me despedir!"

fechei o diário e liguei o pc, peguei o celular e tinha um torpedo do Bernardo 'Gata, me encontra hoje lá pra tres e meia no shopping, beijos.' e agora? meu voô é as quatro! liguei pras bests.
-alô, best?
-oi, Lo!
- você não vai acreditar best! meus pais decidiram ir pra frança e não me falaram nada! to muito nervosa!  ninguém me falou nada! e o que eu vou fazer lá? seem você best? e sem o bernardo?
- calma lo! a viagem é de ferias?
- não! morar lá! -quase gritando no telefone!
- não acredito falando sério? - dizia a best, jô, desesperada já - Lo, olha me encontra daqui vinte minutos no parque, vou ligar pra jo dai a gente se encontra. - muito desesperada eu tava.
- eu tenho que encontrar o bernardo!
- a gente resolve isso best. daqui a pouco tá? - ela sempre calma --'
- tá beijo.- delisguei o telefone, troquei de roupa, arrumei o cabelo, peguei meu oculos de sol e a bolsa sai correndo. já na escada...
- lorena, onde você vai mocinha? não comeu nada e já tá saindo correndo assim? tem que arrumar a mala, filha!
-mãe, eu já volto. - eu disse quase gritando com ela.
- já venho coisa nenhuma - extressou comigo :X- você não vai sair! eu to mandando! sobe e vai arrumar as suas malas! é daqui a uma hora a viagem! vai se arrumar! - dizia ela, quase pulando na escada já!- lorena eu não vou repetir!

CONTINUA ...
________________________________

é o primeiro capítulo da história que eu tô escrevendo, acho que tenho uns 5 capitulos prontos :OO; me diiz c vses tão gostando e  taaalz, :DD mt empolgada ²; beijos :**

sexta-feira, janeiro 1

ATENÇÃO À PROXIMAS POSTAGENS, LEIAM ESSE POST!

gnt feliiz vinte e dez o/// pra todos nós.
então, começando o novo ano, eu quero fazer mudanças no blog. siiiiim, começando pelo lay, vou por um lay mais leve que esse to achando esse pesado pra carregar ;P e vou começar a postar uma história aqui. eu comecei a escrever og, e já escrevi muiiiiiita coisa! umas 8 paginas, eu to escrevendo em um caderno pq acho mais facil, jaa, que qdo eu sento no pc minhas inspirações somem. pretendo começar a postar o mais rapido possivel.
a história é de uma guria, adolescente, que seus pais estão decidindo mudando de país e avisam ela de uma hr pra outra, e ela n estava preparada pra isso, então teem de deixar amigos e o garoto que tanto ama para tras. dai vai desenvolver a trama. particularmente to me surpreendendo em escrever essa história! miinha criatividade tá a mil! rs.
então, apartir da proxima postagem será de estilo diferente. espero que curtam! beijos s2' feliiz ano novo pra todos nós!